vaqueta-raspa

Quais as diferenças entre Luva de Raspa e Luva de Vaqueta?

Dos EPI’s, as luvas fazem parte dos itens mais utilizados pelos colaboradores, e dentre os tipos estão as luvas de raspa e de vaqueta, que serão nosso tema no dia de hoje.

As duas são, igualmente, muito utilizadas por profissionais que trabalham muito com as mãos em situação de risco.

Neste post veremos quais as características das luvas de raspa e de vaqueta, também veremos quais os setores onde elas,certamente, são mais utilizadas.

Confira agora!

MATERIAL

Ambas são provenientes de couro bovino, porém a diferença é que a Luva de Vaqueta vem da parte externa da pele e a luva de Raspa sai da parte interna da pele do boi, esta separação é feita em virtude de um processo químico.

Embora elas venham a partir, teoricamente falando, do mesmo material, possuem funções distintas.

Luva de Vaqueta

Por sua espessura ser menor, sua utilização é feita para serviços que precisem de mais tato, assim como:

  • Trabalhos envolvendo eletricidade;
  • Indústria petroquímica;
  • Indústria moveleira;
  • Construção civil;
  • Montagem de estruturas metálicas;
  • Manutenção em geral;
  • Mineração;
  • Carga e descarga de materiais.

Entre outros.

Cuidados

Para assegurar que a luva continue inegavelmente eficiente, serão necessários alguns cuidados:

  • Para limpar, precisará utilizar um pano umedecido com água e deixar que seque naturalmente;
  • Sobretudo não utilize de secadores ou fontes de calor;
  • Guarde sempre em locais secos, longe de raios ultravioletas e de excessivo calor;
  • Quando for necessário utilizar as luvas por um tempo longo sempre alterne com outro par, assim o suor não prejudicará o material da luva;
  • Em hipótese alguma utilize processos de lavagem industrial, pois isso irá diminuir radicalmente o nível de proteção.

Luva de Raspa

Estas luvas são mais resistentes, já que podem ser feitas apenas de Raspa ou podem ser confeccionadas em conjunto a outros tecidos.

Elas são melhores para usar em trabalhos mais brutos, por exemplo:

  • Funilaria;
  • Montagem de estruturas metálicas;
  • Manuseio de materiais escoriantes;
  • Trabalho em metalúrgicas;
  • Trabalhos com solda;
  • Trabalho em carpintaria;
  • Trabalho em agricultura;
  • Carga e descarga de materiais pesados.

Entre outros.

Cuidados

Este material possui sensibilidade à umidade, sendo assim, recomenda-se uma lavagem a seco, isto quando necessário. Caso perceba umidade ou danos no interior, não arrisque a segurança de suas mãos utilizando as luvas.

Basicamente a diferença é esta:

  • Luva de Vaqueta: Usada para trabalhos mais complexos e também àqueles que necessitam do tato.
  • Luva de Raspa: Usada para trabalhos mais pesados, trabalhos de solda, contra agentes escoriantes etc.

Tanto a luva de Raspa como a luva de vaqueta são EPIs, sua função é fornecer segurança ao trabalhador, portanto, caso o PPRA mande, deverão ser implementadas no ambiente de trabalho, obedecendo fielmente ao que o profissional responsável orientar.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe com seus amigos.

Deixe uma resposta